Giro

Quais as vantagens do “CPF na nota” para o consumidor?

Crédito: Divulgação/ Receita Federal

É preciso ficar atento quando fornecer o número do CPF após as compras (Crédito: Divulgação/ Receita Federal)

Consumidores de diversos estados do jogo de apostas de jogo de apostas de futebol já estão acostumados com a pergunta “CPF na nota?” após comprar algo em um estabelecimento comercial. Mas qual é, de fato, a vantagem que ele pode ter com isso? 

Diversos governos de estados usam isso como uma forma de controlar a tributação do comércio, do ICMS e do combate à sonegação de impostos. Para incentivar que os consumidores registrem o seu CPF na compra, há incentivos como descontos no IPVA ou IPTU, sorteio de prêmios em dinheiro e resgates dos créditos em dinheiro em serviços.



+Prefeitura de São Paulo tem mais de 1 mil vagas abertas nesta semana

Veja os estados que participam desse mecanismo: 

  • Rio Grande do Sul;
  • São Paulo;
  • Maranhão;
  • Rio de Janeiro;
  • Alagoas;
  • Minas Gerais;
  • Bahia;
  • Pará;
  • Amazonas;
  • Ceará;
  • Sergipe;
  • Rio Grande do Norte;
  • Rondônia;
  • Paraná;
  • Distrito Federal.

Cuidado com suas informações pessoais

Porém muitas redes varejistas têm seus próprios programas de fidelidade onde também usam o número do CPF para oferecer descontos e algumas vantagens. A pergunta sobre o CPF também é feita no final da compra, mas os dois processos não têm a ver um com o outro.  

Órgãos federais e de defesa do consumidor acionaram cinco redes de farmácias no final do ano passado cobrando mais transparência no uso do CPF e de outros documentos pessoais e respeito à Lei Geral de Proteção de Dados (LGDP). 

+


Em 2020, foi aprovada uma lei no estado de São Paulo que proíbe que esses estabelecimentos peçam o número do CPF prometendo descontos aos clientes sem que informem de forma clara como essas informações serão utilizadas. 

CPF na nota aumenta o score? 

Dar o seu CPF no final da compra não vai aumentar o seu score de crédito no SPC ou no Serasa. 


Esses serviços vão fazer algumas contas estatísticas para saber qual é o risco de um consumidor ficar inadimplente. Para aumentar o score, procure seguir algumas práticas como: 

  • Manter as suas contas em dia;
  • Não realizar dívidas maiores do que se pode pagar;
  • Antes de fazer novas dívidas, procure quitar as que estão em aberto;
  • Em caso de dívida em aberto, busque uma negociação e cumpra todo o acordo de pagamento;
  • Procure atualizar o seu cadastro em bancos e demais empresas com frequência;
  • Faça o Cadastro Positivo da Serasa, o Cadastro Positivo reúne informações sobre como foram pagos os compromissos relacionados à contratação de crédito.