Giro

Príncipe William agradece geração “Windrush” em inauguração de memorial

Príncipe William agradece geração “Windrush” em inauguração de memorial

Príncipe William participa de inauguração do Monumento Nacional Windrush

LONDRES (Reuters) – A realeza britânica prestou nesta quarta-feira homenagem à “geração Windrush” na inauguração de uma estátua para comemorar a chegada de imigrantes do pós-guerra vindos do Caribe, enquanto o governo novamente se desculpou por maus-tratos.

Exatamente 74 anos atrás, o navio Empire Windrush chegou a Londres trazendo a primeira leva de centenas de milhares de pessoas que vieram ao Reino Unido entre 1948 e 1971 para ajudar a reconstruir o país após a Segunda Guerra Mundial.



Em 2018, o Reino Unido se desculpou por seu tratamento “terrível” com a geração Windrush, depois que um aperto na política de imigração significou que milhares de pessoas tiveram seus direitos básicos negados, apesar de viverem no Reino Unido por décadas, e dezenas foram deportadas erroneamente.

“Sem todos vocês, o Reino Unido simplesmente não seria o que é hoje”, disse o príncipe William, neto da rainha Elizabeth, na inauguração do Monumento Nacional Windrush na estação Waterloo, em Londres.

“Quero agradecer profundamente a todos os membros dessa geração e às gerações que se seguiram.”

+


A rainha também emitiu uma declaração para agradecer aos pioneiros do Windrush, enquanto o ministro Michael Gove disse que o governo lamentava seus erros.

“Palavras não podem compensar a dor e a angústia causadas, mas lições foram aprendidas”, afirmou ele.


(Reportagem de Michael Holden)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI5L0RJ-BASEIMAGE